Apanat - Associação Paulista de Naturologia

(esqueci a senha) (cadastre-se)
página inicial

Blog - I Congresso Brasileiro de Naturologia - 2008

O I Congresso Brasileiro de Naturologia, foi realizado nos dias 17 e 18 de maio de 2008, em São Paulo, na Universidade Anhembi Morumbi - Campus Vila Olímpia.

O evento teve a participação de vários profissionais da área debatendo assuntos relacionados. Confira a programação e as fotos do evento.

Comissão Organizadora:

Bruna Rei Freitas

Carolina Mendes Serafim

Glicia Fonseca de Oliveira

Katia de Arantes Leite

Paula Cristina Ischikanian

Suely Ramos Bello

Discurso de Abertura:

"Ser um naturólogo é buscar na natureza através da sutil vibração de uma flor ou de seu aroma o equilíbrio que está faltando àquele ser tão distante de sua real condição. Ser um naturólogo é cuidar com amor, é acreditar nas ferramentas que nos foram dadas por todos aqueles que nos antecederam e pela sabedoria da natureza cuja criação não nos cabe criticar e sim agradecer e respeitar, por sua magistral superioridade." - Suely Ramos Bello

Para ver o discurso de abertura do I Congresso Brasileiro de Naturologia na íntegra, clique aqui.

*

Palestrantes convidados - Temas :

Prof. Osvaldo Pessoa Júnior
Teoria Quântica: visões da ciência ortodoxa e visões místicas.

Dra. Cecilia Focesi Pelicione
A Educação e Ambiente saudável na perspectiva da Naturologia.

Prof. Elaine de Azevedo
A Antroposofia na ampliação de conceitos de Nutrição Humana.

Prof. Fernando Amaral
Óleos essenciais em Naturologia: Efeitos terapêuticoas e a aromaterapia no, cotidiano profissional.

Prof. Anderson Zenidarci
O Processo do adoecer: uma visão psicossomática.

Dra. Valeria Kim
Análise comportamental e fisiopatológica energética dos biotipos constitucionais sob o enfoque da Acupuntura Constitucional Universal.

Prof. Marcia Cristina Fernandes, Prof. Rozane Goulart, Prof. Ms. Adriana Elias M. da Silva
A Formação e atuação profissional do Naturólogo.

Nadir Mercedes Tiveron
Dança Circular Sagrada

Dr. José Roberto Chieffo Júnior
Aspectos legais da profissão de Naturólogo e Terapeuta Natural.

Dr. Waldemar Magaldi
Felicidade, Saúde e Espiritualidade: Uma abordagem psico-neuro-endócrino-imunológica e integral.

Nat. Ana Carolina Sá Prado de Alencar
Gerando Saúde através da alimentação ayurvédica.

Prof. Jean Marc Duriaux
Estratégia terapêutica e desequilibrio do ecossistema intestinal.

Dr. Wu Tou Kwang
A utilização de métodos não invasivos como alternativa terapêutica no tratamento com acupuntura.

Dra. Carmen Monari
Participando da Vida com os Florais de Bach.

Prof. Carlos Alberto Legal Filho
Qualidade de Vida e práticas alternativas em empresas.

Dr. Celso Batello
A Íris: um microssistema inteligível.

Prof. Tereza Gaio
Programa Linha Verde: A Fitoterapia como instrumento de aproximação entre o SUS, a Comunidade e a Universidade.

Prof. Sérgio Panizza
Legislação em recomendação de Plantas Medicinais e Fitoterápicos.

Palestrantes de Temas Livres - Trabalhos de pesquisa selecionados

Nat. Fernando Hellmann
Iridologia nas disfunções cardíacas

Resumo

Este estudo estabelece relações entre Iridologia e disfunções cardíacas. A Irisdiagnose funciona como uma forma de análise, que permite a detecção dos órgãos com possíveis disfunções, embora seja não seja capaz de nomear doenças. A pesquisa teve o objetivo de buscar aspectos visuais na íris, na área correspondente às atividades cardíacas, identificando esses sinais. Comparando as fotos da íris esquerda de pessoas com disfunções cardíacas com as de pessoas sem essas disfunções, segundo o mapa iridológico tradicional, proposto por Batelo (1998). Foi fotografada a íris esquerda de 66 pessoas das quais 33 constitui o grupo cardiopata (G-CAR): cada uma delas pacientes internas do Instituto de Cardiologia de Santa Catarina de São José – Santa Catarina, com diagnóstico médico de distúrbios cardíacos. As outras 33 pessoas, aparentemente saudáveis e sem exame médico, formam o Grupo de Controle (G-CON). Vale ressaltar que o projeto desta pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) do referido hospital.

Nat. Daniel P. Rodrigues Nunes / Nat Camila Vieira Ramos
Geoterapia: uma possibilidade no tratamento das sequelas da radiação ionizante no tratamento do câncer.

Resumo

Este estudo teve o objetivo de verificar a ação da Geoterapia sobre a radiodermite, que se caracteriza por um processo inflamatório decorrente da radiação ionizante (radioterapia). O CAPC (Centro de Apoio ao Paciente com Câncer) foi a instituição que possibilitou a aplicação do estudo. A Geoterapia foi aplicada durante todo o tratamento radioterápico na frequência de duas vezes por semana, até a conclusão do mesmo. Foram escolhidas as argilas verde e branca, na proporção de 1/1, aplicadas durante 40 minutos. Participaram deste estudo, durante todo o tratamento radioterápico, duas interagentes. Ao final do tratamento, ambas as interagentes apresentavam apenas radiodermite nível I, que se caracteriza por uma vermelhidão na pele. Como conclusão, isto pode ser considerada uma boa resposta ao tratamento radioterápico, onde a Geoterapia pode ser considerada uma possibilidade no tratamento preventivo dos efeitos colaterais da radioterapia sobre a pele. Entretanto, mais estudos são necessários para que se comprove a ação da Geoterapia sobre a radiodermite.

Nat. Marcela Bruno Guapo / Nat Camila Cruz da Silveira Hijo
Uso das essências florais de Bach para tratamento da insônia.

Resumo

Realizou-se um estudo experimental com grupo controle interno, teste duplo cego randomizado com cruzamento (cross over), e com grupos independentes e concorrentes que buscou avaliar os efeitos das essências florais de Bach Impatiens, Red chestnut e White chestnut nos funcionários da indústria de cofecções Heanlu que apresentavam queixa de insônia. A insônia é um sintoma, e observamos que a causa nesta amostra é a ansiedade em cumprir prazos e metas, a preocupação de manter o emprego para cuidar da família e excesso de pensamento ruminando na cabeça com fragmentos do dia de trabalho, que nos conduziu a escolha de uso das essências florais, pois estas atuam no restabelecimento do equilíbrio emocional. Houve uma melhora de 87,5% na queixa de insônia ao fim da pesquisa. Após o uso do floral, 86,67% retiraram a queixa de não conseguir relaxar por excesso de preocupações, dentre outros resultados nos quais o efeito placebo demonstrou-se insignificante em relação à eficácia da Terapia Floral.

Nat. Ms. Luciana Cohen P. Neves
A integridade da Terapia Floral e a viabilidade de sua inserção no Sistema Único de Saúde - SUS.

Resumo:

Este estudo teve por objetivo discutir a inclusão da Terapia Floral nas práticas terapêuticas do SUS, como estratégia na concretização do princípio da integralidade na atenção à saúde do usuário. Trata-se de um estudo qualitativo e exploratório, que utilizou como categorias norteadoras “emocional/físico”, a “singularidade”, a “resolutividade” e a “inserção no SUS”. Os dados foram coletados a partir de entrevistas com usuários da Terapia Floral e com profissionais do Centro de Saúde Modelo (CSM), uma unidade básica do SUS em Porto Alegre (RS). Os resultados indicaram que a Terapia Floral, ao tratar os sujeitos como seres singulares e na sua totalidade, permite uma atenção diferenciada. Na busca pela concretização da integralidade, os profissionais do CSM apontam como limitações: a formação dos profissionais, baseada em um paradigma cartesiano; as sub-especializações; e a falta de recursos, principalmente financeiros. Em contrapartida, esta pesquisa constatou o baixo custo das práticas não alopáticas, incluindo-se também a Terapia Floral. A Terapia Floral é uma terapia coerente com os princípios do SUS e pode favorecer a resolutividade do sistema. Desta forma, seria oportuno e viável que ela fosse valorizada por suas peculiaridades e integrada ao SUS, sendo reconhecida e disponibilizada como opção terapêutica a toda população, para que possa contribuir na garantia da integralidade na atenção em saúde.

 
Nat. Ana Carolina Sá Prof. Anderson Zenidarci Prof. Carlos Alberto Legal Filho Equipe APANAT
 

Comentários

Niguém comentou esta notícia ainda. Seja o primeiro!

Envie seu comentário


 

2009 Apanat - Todos os direitos reservados

Desenvolvido pela S3Web