Apanat - Associação Paulista de Naturologia

(esqueci a senha) (cadastre-se)
página inicial

Blog - Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do Ministério da Saúde informa:

Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares

do Ministério da Saúde informa:

 

Glossário Temático - Práticas Integrativas e Complementares em Saúde e o Manual de Implantação de Serviços de Práticas Integrativas e Complementares no SUS estão disponíveis na biblioteca virtual do Departamento de Atenção Básica (DAB). Essas publicações foram lançadas no 1º Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Complementares e Saúde Pública (INTERCONGREPICS), que aconteceu em março deste ano.

A oferta de PICS é transversal a toda a Rede de Atenção à Saúde (RAS) e o Ministério da Saúde vem atuando na construção de estratégias que subsidiem gestores para implantação do serviço e ampliação do atendimento à população. A Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CNPICS) oferta cursos de capacitação em algumas práticas, voltados a para os gestores e profissionais de saúde, além de promover a inserção dos recursos terapêuticos em documentos técnicos já existentes, como os Cadernos de Atenção Básica, analisa e divulga indicadores específicos identificados no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ) e nos campos de registro de informação da produção em saúde no e-SUS Atenção Básica.

O Manual é sugere aos gestores do SUS um modelo de Plano de Implantação das PICS, facilitando, o desenvolvimento das práticas de cuidado no território, além de descrever os passos para cadastrar os serviços. “O modelo proposto não é rígido e obrigatório. Conforme as necessidades, especificidades e realidade do território, os municípios poderão ajustar o projeto a cada etapa. O manual é um documento orientador”, explica Daniel Amado, coordenador nacional das PICS, no DAB.

Terminologia da Saúde

O glossário temático das PICS faz parte do Plano de Gestão do Conhecimento do Ministério da Saúde que, instituído em 2010, busca dar visibilidade à gestão do conhecimento institucional, garantir a comunicação interna e externa, contribuir para a melhoria dos processos de tomada de decisão no âmbito da saúde pública e fortalecer a participação social.

Elaborado conjuntamente pelas equipes da CNPICS e da Coordenação-Geral de Documentação e Informação (CGDI/SAA/SE), o material reúne os principais vocábulos utilizados na linguagem do campo de atuação da área técnica. Além de fornecer referências para a compreensão dos termos, o glossário é instrumento para representação e transmissão do conhecimento especializado.

Confira os materiais nos links abaixo:

Manual de Implantação de Serviços de Práticas Integrativas e Complementares no SUS

Glossário Temático - Práticas Integrativas e Complementares em Saúde

 

A Biblioteca Virtual em Saúde em Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas:

 

Biblioteca Virtual em Saúde em Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas guarda uma ampla produção científica das 29 práticas do SUS, instituídas pelo Ministério da Saúde, e muitas outras. A iniciativa busca facilitar o acesso à informação científica e técnica sobre o tema, além de estimular a colaboração e o fortalecimento de pesquisas.

No lançamento do portal, na cerimônia de abertura do 1º Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Complementares e Saúde Pública (INTERCONGREPICS) que aconteceu em março, no Rio de Janeiro, Dra. Carissa Etienne, diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), falou da importância da biblioteca para dar um passo à frente dar um passo para alcançar uma Saúde Universal.

“A principal limitação que os Estados Membros se referiam ao desenvolvimento de políticas e regulamentação sobre Medicina Tradicional e Complementar e Integrativa era a falta de dados de pesquisa. Na maioria das vezes, um grande obstáculo é o acesso a informações existentes”, argumentou.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta aos países membros a adoção das PICS nos sistemas nacionais de saúde. No Brasil, as práticas foram reconhecidas e implementadas no SUS, por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), em 2006. As práticas são realizadas em mais de nove mil estabelecimentos de saúde.

 

Cursos de Introdução as Práticas Integrativas e Complementares

 

O Ministério da Saúde vem ofertando cursos de introdução às práticas integrativas e complementares em saúde por meio do Ambiente Virtual de Apredizagem do SUS- AVASUS confira abaixo os links:

 1. Curso Introdutório em Práticas Integrativas e Complementares: Práticas Corporais e Mentais da Medicina Tradicional Chinesa

https://avasus.ufrn.br/local/avasplugin/cursos/curso.php?id=79

 

2. Curso Introdutório em Práticas Integrativas e Complementares: Medicina Tradicional Chinesa

https://avasus.ufrn.br/local/avasplugin/cursos/curso.php?id=78

 

3.Curso Introdutório em Práticas Integrativas e Complementares: Antroposofia Aplicada à Saúde

https://avasus.ufrn.br/local/avasplugin/cursos/curso.php?id=24 

 

4.Uso de Plantas Medicinais e Fitoterápicos para Agentes Comunitários de Saúde

https://avasus.ufrn.br/local/avasplugin/cursos/curso.php?id=149

 

5.Gestão de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde – PICS

https://avasus.ufrn.br/local/avasplugin/cursos/curso.php?id=151

 

Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde - CNPICS

Departamento de Atenção Básica – DAB

Secretaria de Atenção à Saúde - SAS /  Ministério da Saúde - MS

Brasilia /DF   Fone: (61) 3315-9053  / 3315.9034

Email coordenação: pics@saude.gov.br

http://dab.saude.gov.br       https://avasus.ufrn.br/local/avasplugin/cursos/cursos.php

 
 

Comentários

Niguém comentou esta notícia ainda. Seja o primeiro!

Envie seu comentário


 

2009 Apanat - Todos os direitos reservados

Desenvolvido pela S3Web